Só mesmo chegando pelo Google p ler matérias de graça no Financial Times

Exemplo de veículo que nao tem medo de experimentar quando o assunto é cobrar pelo acesso ao conteúdo online, o Financial Times continua ousando. Acabou com a possibilidade de usuários nao cadastrados lerem algumas poucas matérias de graça. Agora, para ler sem pagar 10 matérias por mês tem que se registrar. Quem nao quiser preencher o cadastro nao lê nada de graça, a nao ser… a nao ser os usuários que chegam via Google. O jornal adotou o modelo First-Click-Free, sistema do Google através do qual seus usuários podem ler a integra de até 5 matérias – sem cadastro e sem pagar. Parece estranho, mas está de acordo com a estratégia do FT. O jornal acredita em trazer leitores, cativá-los, transformá-los em usuários registrados (e com isso obter dados preciosos para os anunciantes e para suas próprias açoes promocionais) e, por fim, conseguir que eles se convertam em assinantes. Para facilitar mais essa conversao, pretende ampliar as formas de pagamento, atualmente restritas ao cartao de crédito. O jornal imagina um futuro no qual os leitores poderao pagar também através de debito em conta, por meio do celular, PayPal, via Amazon ou até mesmo via Google.

Blue Bus

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s